Se você for dono de uma pequena empresa ou até mesmo gerente de RH de uma grande multinacional, nunca irá querer contratar a pessoa errada para uma vaga aberta. Não apenas porque terá que encontrar um substituto antes do que imaginava, mas também porque fazer uma contratação errada gasta muita energia, tempo e pode custar muito à empresa em diversos aspectos.

Quando você contrata a pessoa errada, vai acabar tentando mover esse funcionário para alguma outra função ou vai esgotar as possibilidades de tentar encaixá-lo de alguma maneira na sua empresa. Ao invés de simplesmente demití-lo, você terá uma “obrigação” para com ele de se dedicar, gastar tempo e dinheiro dando todo treinamento e suporte necessários. Eventualmente, essa pessoa pode até acabar de adequando ao seu negócio, mas também existe a chance de no final, mesmo com tanto esforço, essa pessoa acabar saindo de qualquer forma.

Seja qual for o resultado, esse processo custará muito à sua empresa. Entenda os motivos:

Custos de produtividade

Enquanto você e outras pessoas da sua organização (independente do tamanho) gastam tempo para treinar e tentar adequar o novo contratado ao perfil da empresa, seu negócio irá sofrer.

Todo esse tempo gasto com o novo contratado irá acabar com a produtividade e da sua empresa. 39% dos diretores financeiros entrevistados pela consultoria Robert Half disseram que más contratações geraram uma grande perda de produtividade, e 11% disseram que essas contratações resultaram em queda nas vendas. Eles também pontuaram que surpervisores gastam 17% do seu tempo (o que equivale a 1 dia por semana) gerenciando funcionários com baixa performance. Todo esse tempo gasto poderia muito bem ser direcionado para o core business da empresa.

Custos financeiros

Você não está apenas pagando o salário de alguém que talvez não esteja performando de acordo com as suas expectativas, mas talvez esteja também gastando com treinamentos e recursos adicionais. E se no final você tiver que demitir esse funcionário, você será o responsável por todo esse custo total, sem mencionar o gasto para iniciar um novo processo de recrutamento para contratar o substituto dessa pessoa.

Na mesma pesquisa da Robert Half, 41% dos gerentes e profissionais de RH que realizaram alguma contratação ruim estimaram que os custos financeiros dessa contratação está na casa dos milhares de reais. Estima-se também que a conta aproximada para se chegar nesse custo é de 30% do primeiro salário anual do novo contratado. Dependendo da vaga contratada, é um custo bastante representativo para qualquer tamanho de empresa.

Custos motivacionais

Enquanto você gasta o seu tempo e dinheiro tentando consertar o seu erro de recrutamento, as outras pessoas da sua equipe podem ficar insatisfeitas e desmotivadas.

É difícil manter um nível alto de performance quando um único membro da equipe requer tanta atenção ou acaba puxando as outras pessoas para baixo. 95% os executivos financeiros entrevistados pela mesma pesquisa disseram que realizar uma contratação ruim afeta pelo menos um pouco a motivação do time como um todo.

Além disso, em diversos casos, contratações ruins não se integram bem com os outros funcionários, o que também pode causar problemas adicionais para manter o padrão de qualidade do seu time.

Custos de reputação

No mundo transparente e aberto em que vivemos, as pessoas que buscam emprego estão conectadas 24h por dia e podem muito bem descobrir o que está ou não funcionando na sua empresa – muitas vezes baseado nas avaliações dos seus próprios funcionários. Se você tiver uma contratação ruim no meio, deverá monitorar sua reputação com cuidado para garantir que essa pessoa não cause uma má experiência para o resto do time.

Ao invés de gastar todo tempo e dinheiro do mundo com uma contratação ruim, a próxima vez que for recrutar um novo funcionário, faça o processo com calma e garanta que irá conseguir a pessoa certa. Monitore sua reputação de perto para ver o que as pessoas estão falando sobre o seu ambiente de trabalho, e seja honesto com você mesmo sobre o que a sua empresa precisa melhorar durante todo o processo. E tenha certeza de alinhar as expectativas corretamente com os candidatos, para depois evitar arrependimentos de alguma das partes quando começarem a trabalhar juntos.

Bom recrutameto! 🙂

Eduardo Andrade
Founder & CEO @ Rheco.me